sexta-feira

Desempregado mata senhorio.....


crime
O presumível homicida, um homem de 55 anos, pedreiro desempregado, terá usado a sua arma de caça para matar o senhorio e suicidou-se, no início da tarde desta sexta-feira, em Salicos,Chamuscas/Lagoa no anexo da pequena casa no campo onde vivia há mais de vinte anos, ao que tudo indica devido a uma questão de falta de pagamento da rendas.
Laurindo Bentes, de 65 anos, e o inquilino, de nome Leandro, envolveram-se esta manhã numa discussão, que terminou de forma trágica, com o inquilino a disparar um tiro de caçadeira no peito do outro homem, que teve morte imediata. A mulher do senhorio que estava no local assistiu a tudo. Na origem do conflito estará, alegadamente, a falta de pagamento da renda, in sulinformacao
Nota: Danos colaterais de politicas de uma austeridade, do corta a direito sem noção dos danos que está a provocar na sociedade. E se este fogo pega nas cidades?

3 comentários:

Anónimo disse...

Não foi a mulher do atirador que assistio. .foi a mulher da vítima que também foi ameaçada...

Anónimo disse...

Mais uma mentira...se não sabem o que se passou não escrevam...não foi por exigência de rendas em atraso...aliás o senhorio não ia cobrar renda alguma exatamente pela dificuldade em que o assassino se encontrava...nada fazia prever este acontecimento...não houve sequer discussão! Sejam verdadeiros com o escrevem!

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.